21 de fev de 2016

Ailla e luferino - Resenha.

Autores: Rafaela Souza, Cinthia Silva, Airton Junior.
Páginas: 145.
Ailla e Luferino.

Ailla e uma menina de 14 anos preste a completar seus quinze anos, que ainda dorme abraçada ao seu ursinho de pelúcia chamado “duas cores” por causa da cor de seus olhos.  
Ao percebe acontecimentos estranhos na cidade onde mora e aos sumiços repetimos e constante de seu bichinho de pelúcia começa a desconfiar se o duas cores e somente um ursinho. 
Até que um acidente que coloca a vida de seus “pais” em risco, ela pede ajuda ao duas cores.
Com a vida seguindo normalmente Ailla fica cada vez mais ciente que seu bichinho de pelúcia não e somente um bichinho. Até ela descobriu que a vida perfeita que leva não e tão perfeita assim, deslocada e com frio Ailla e salva por Ven Hailer um guerreiro que ficou sozinho depois de seus companheiros morrerem. Ele e responsável para cuidar da única Luminata.  
Até ela decide desabafar com sua amiga Naty o que está acontecendo em sua vida, sobre o duas cores se dizer um garoto de cabelos loiros e estilo do século passado.
Ao embarca na aventura para se aceitar na sua nova realidade e reconstruir um mundo que ela nem mesmo conhecer. Ailla conhece Weyne Wizzard o misterioso dono das maiores empresas de tecnologia do mundo.
Com fantasia, romance e uma pitada de humor da parte de sua melhor amiga Naty, os três autores conseguiram mostrar um mundo totalmente novo e autêntico. E fantasia? e sim, mas é algo único, e totalmente novo. Eles criaram o universo deles e as criaturas deles. Eu amei o livro e quando eu terminando fiquei tipo: Que? volta aqui e continue isso. Rsrs. Já quero o segundo. Para eu ficar até as uma da manhã lendo o livro tem que merecer.




Nenhum comentário:

Postar um comentário